De Prima


Receita: como perder um campeonato

Ingredientes: jogadores despreparados e desiquilibrados emocionalmente, um goleiro falastrão, um presidente pseudo diferenciado, um técnico mascarado e uma torcida patética.

Modo de preparo: troque seu técnico que fazia um bom trabalho pelo treinador mascarado, que fora demitido por fazer uma campanha pífia, ser um fiasco em mata-mata e ter provocado um ambiente ruim no vizinho que você tanto inveja.

Misture-o com seus jogadores medianos, despreparados, desiquilibrados, que se acham craques e contrate um atacante traíra, pagando-lhe um altíssimo salário. 

Pegue o presidente pseudo diferenciado e leve-o à imprensa para choramingar, criticar e ameaçar um árbitro. Em seguida, perca jogos de forma desonrosa e risível. Isso inflará a ira da torcida patética. 

Cuidado: muros pichados e vidraças quebradas poderão aparecer no decorrer do processo. Alguns jogadores também poderão ser agredidos e ameaçados de morte.

Para que a receita dê certo, faça o goleiro falastrão dizer besteiras periodicamente, criticando todos os jogadores do grupo. Isso criará um "ótimo" clima entre os atletas.

Coloque todos os ingredientes dentro de um centro de treinamento velho e sucateado por 38 rodadas. No decorrer do campeonato, não se esqueça de comprar alguns jogos em casa, contra times pequenos, que se vendem facilmente.

Obs: Tal manobra não costuma interferir no resultado final do campeonato. 

Rendimento: diversão garantida a todas as torcidas rivais.






 Escrito por Ronie Anderson às 11h22 [] [envie esta mensagem] []






Vai que é sua Mengão

Com certeza, Galvão Bueno e muitos outros "jornalistas" da crônica esportiva devem estar explodindo de alegria neste momento. 

O Flamengo ou qualquer outro clube do Rio de Janeiro nunca esteve tão perto do título do Campeonato Brasileiro como neste ano.

Com três rodadas para o final da competição, o clube da Gávea está na 2ª colocação, dois pontos atrás do São Paulo.

Esta reta final teria tudo para ser uma das mais equilibradas e emocionantes de todos os tempo. No entanto, a manipulação da CBF e do STJD está descarada.

Não precisamos ir muito longe para lembrar de vários casos que beneficiaram o Flamengo ao longo do campeonato.

No jogo Flamengo 2 x 1 São Paulo, no Maracanã, Rogério Ceni defendeu o pênalti de Petkovic, mas o árbitro mandou repetir a cobrança, alegando que o goleiro são-paulino se adiantou.

Algumas partidas depois, o goleiro Bruno, do Flamengo, defendeu um pênalti contra o Botafogo e dois contra o Santos, se adiantando da mesma forma que Rogério. No entanto, nada aconteceu.

Na partida disputada entre Flamengo e Atlético-MG, houve invasão de campo, mas o árbitro não relatou o fato na súmula. O mesmo aconteceu na partida São Paulo 1 x 0 Internacional.

O clube do Morumbi foi punido com a perda do mando na última rodada do campeonato, contra o Sport e terá que jogar a uma distância de, no mínimo, 100 KM do Morumbi.

Borges, Dagoberto e Jean foram julgados hoje no STJD pelas expulsões na partida contra o Grêmio e terão que cumprir três jogos de suspensão.

O jogador Danilo, do Palmeiras, deu uma entrada criminosa em Jorge Henrique contra o Corinthians e foi absolvido. Vágner Love pegou dois jogos pela expulsão contra o Avaí.

O lance foi idêntico ao de Dagoberto e de Jean. Por que os são-paulinos pegaram pena máxima no julgamento de hoje?

Borges também pegou três jogos. Porém, o atacante Alan, do Fluminense deu uma cabeçada em Armero, do Palmeiras e nem cartão levou.

Pelo fato de o Palmeiras jogar contra o Atlético-MG no Palestra Itália e, no mesmo dia, o Corinthians jogar contra o Flamengo, a CBF optou por transferir a partida do clube carioca para a cidade de Campinas.

O que era mando do Corinthians, agora se torna um jogo em campo neutro, beneficiando o Flamengo, que briga diretamente pelo título contra São Paulo e Palmeiras.

Na última rodada, o Flamengo tem jogo marcado contra o Grêmio no Maracanã. No mesmo horário, o Botafogo encara o Palmeiras no Engenhão. Será que algum desses clubes perderá o mando de campo como aconteceu com o Corinthians?

Até a discussão entre Hugo e André Dias na partida contra o Vitória no último sábado teve a filmagem solicitada pelo STJD, que deveria se chamar STID (Superior Tribunal de Injustiça Despotiva).

Além de os dois jogadores terem que cumprir suspensão pelo 3º na partida contra o Botafogo, poderão ser julgados e punidos com mais partidas.

Está havendo claramente um lobby por parte da CBF e uma manipulação explícita do STJD para que o Flamengo seja campeão. O time do Rio não conquista a competição desde 1992, há 17 anos.

Além disso, desde o ano 2000 que um time carioca não é campeão do Brasileirão. Todos estes fatores extra-campo servem apenas para manchar mais ainda a imagem da CBF e do futebol brasileiro.

São Paulo e Palmeiras que se preparem. A partir de agora será uma luta contra tudo e contra todos. 

 


 

 




 Escrito por Ronie Anderson às 21h51 [] [envie esta mensagem] []






A hora da verdade

O Brasileirão 2009 está chegando ao seu final. Restando apenas nove pontos em disputa, apenas três clubes disputam o título: São Paulo, Flamengo e Palmeiras. 

O São Paulo é o atual líder do campeonato, com 62 pontos e ainda enfrenta Botafogo, no Engenhão; Goiás, no Serra Dourada e Sport, em local a ser definido.

O Morumbi foi vetado pelo STJD, por uma invasão de campo no dia 28 de outubro, na partida contra o Internacional, vencida pelo São Paulo por 1 x 0.

A diretoria do Tricolor promete recorrer da decisão em busca de um efeito suspensivo para que o time jogue a última partida da temporada diante da torcida.

Até lá, a equipe de Ricardo Gomes joga duas vezes fora de seus domínios para manter a liderança.

Com a vitória por 0 x 2 sobre o Náutico, o Flamengo roubou a segunda colocação, que era do Palmeiras. O time do Rio de Janeiro soma 60 pontos, dois atrás do líder São Paulo.

O clube da Gávea ainda enfrenta o Goiás, no Maracanã; Corinthians, no Pacaembú e Grêmio, no Maracanã. Apesar de jogar duas das três últimas partidas em casa, os adversários do Flamengo são mais fortes em relação aos do São Paulo.

O outro clube que ainda briga pelo título é o Palmeiras. Até o final do campeonato, o time de Muricy Ramalho pega o Grêmio, no estádio Olímpico; Atlético-MG, no Parque Antárctica e Botafogo, no Engenhão.

Das três equipes, o Palmeiras é a que tem menos chances de levar o título. Além de ter menos pontos do que os concorrentes, o Verdão tem a tabela mais difícil.

Uma derrota ou um empate na próxima quarta-feira, contra o Grêmio, pode significar o fim do sonho do pentacampeonato palmeirense.

Com apenas uma vitória nos últimos oito jogos, o time de Muricy terá que vencer um adversário que ainda não foi derrotado em seus domínios. 

Além disso, jogadores importantes, como Diego Souza, Danilo, Armero e David Saconi estão pendurados. No caso de levarem cartão amarelo contra o Grêmio, não enfrentarão o Atlético-MG, que apesar da derrota para o Coritiba e de ter saído do G4, ainda briga por uma vaga na Libertadores 2010.

Outro fator que atrapalha o Palmeiras é que São Paulo e Flamengo disputam a última rodada como mandantes, enquanto que a equipe do Palestra Itália enfrenta o Botafogo, no estádio Engenhão.

Dificilmente conheceremos o campeão brasileiro antes das próximas três semanas, mais precisamente no dia 6 de dezembro, data da última rodada do Brasileirão 2009. 

O time que errar menos nessas últimas partidas será o campeão. O São Paulo conta com a vantagem de dois pontos que possui atualmente, a força de seu elenco e a experiência de seus atletas, além de ter a tabela mais fácil.

O Flamengo aposta na excelente fase do time, que perdeu apenas um jogo nos últimos dez. Além disso, o time de Adriano e Petkovic contará com o apoio maciço da torcida rubro-negra.

O Palmeiras, que liderou a competição por 18 rodadas, conta com tropeços de São Paulo e Flamengo e vitórias nos últimos três jogos. O time de Muricy tem a missão mais difícil entre os três que disputam a taça.

Dependendo do que acontecer na próxima quarta-feira, apenas dois times estarão na briga pelo título no próximo domingo. 





 Escrito por Ronie Anderson às 04h18 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 


 
 




UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Fórmula 1 com opinião e humor
Spoilerproof: Modus Operandi
 
 

Dê uma nota para meu blog